E aí que um novo ciclo começa na minha vida em todos os sentidos.  Em 2008 eu virei o ano numa praia chique, com champagne e vestindo branco com planos que foram naufragados ao longo do ano inteiro e o meu 2008 foi uma merda. Não tive tempo de fazer planos para 2009 por que o meu 31 de dezembro foi repartido em dois e enquanto metade dele se despedia de um ano, de pessoas e de uma vida toda, a outra metade mergulhava fundo num mar cheio de esperanças. Passei a virada entre um mar e outro, literalmente. Não deu tempo fazer planos, só deu tempo estufar o peito de boas energias e cair de cabeça em um sonho que eu não quero acordar. E aí que quando eu pensava que a vida estava completa veio dezembro de 2009 e veio 2010 pegando fogo. E enquanto meu coração explodia amor, ansiedade, certeza e o ano inteiro esperando chegar um dia só em novembro, eu confesso ter me afastado um pouco do meu umbigo. Em 2010 conclui meu curso de Designer de Moda, levei o Atelier Rita Prado até São Paulo para o Piauí Sampa, casei, conheci o Velho Mundo e virei dona de casa. São muitas aventuras para um ano só e o meu umbigo não estava acostumado a viver uma vida inteira dividida. Eu sinto como se em 2010 eu não tenha sido 100% o Atelier Rita Prado como eu vinha sendo desde que fiz a minha primeira roupa. E o meu umbigo é o meu atelier e tudo o que vem dele: minhas clientes, minhas colaboradoras, minhas revistas, meu computador, meu site, meu blog, minhas fotos, meus filmes, meu mundo. Aqui, no primeiro post do ano, eu peço desculpas às minhas clientes por não ter aprofundado tanto nosso relacionamento este ano e não dar um passo maior que o meu pezinho consegue dar. Mas eu queria dizer que esse turbilhão de emoções e aprendizado que foi 2010 e que está sendo 2011, só está me tornando uma profissional melhor. 2011 é a continuação dos desejos de uma vida inteira que eu consegui realizar em 2010 e  já começou cheio de novidades que eu irei contando para vocês ao longo desses primeiros meses do ano. Eu quero pedir desculpas por ter andado ausente inclusive da minha caixa de emails, da loja e do pós-venda, mas eu prometo que coloquei meu coração em cada peça que era elaborada nos bastidores. Eu desejo para mim e para você bons momentos, de preferência juntas, mesmo que seja só o meu nome na etiqueta da roupa que vai vestir muitas emoções. Eu prometo muito mais para você, querida seguidora, agora que estou de volta ao meu umbigo. De coração, obrigada por tudo.