Mês: setembro 2015

Photo in Color

Deparei-me com este trabalho fantástico do fotógrafo suíço Oliver Oettli quando estava procurando imagens “bonitas” para fazer quadros para o meu quarto. Fiquei curiosa para saber que trabalho era aquele com modelos surgindo através de nuvens de pós coloridos. E o mais interessante foi descobrir que o Oliver não costuma fotografar moda conceitual, ele se descreve como “fotógrafo do povo e das ruas”.

Como um fotógrafo corporativo acabou fazendo esse editorial eletrizante? Surpreendentemente foi tudo feito para cartões de Natal . Aqui um trecho do que ele disse sobre o assunto em sua página no Facebook:
Eu queria fazer um cartão de Natal emocionante para enviar para os meus clientes e, portanto, queria um projeto incomum. Muitos anos atrás eu vi um fotógrafo que trabalha com farinha. Ele sempre ficava na parte de trás da minha mente e um dia eu quis criar um mundo de sonhos fotográfico para o meu próprio projeto. Na verdade, eu sou um perfeccionista quando se trata de meus próprios projetos. Pratiquei um dia inteiro, a fim de descobrir como era preciso jogar a farinha, o ângulo, o quanto precisamos etc. Usamos farinha e pigmentos artificiais e as roupas foram feitas por nós mesmos, por isso não há marcas para mencionar.”

 

Gênio, não é? As fotos ficaram belíssimas, cheias de elementos delicados e teatrais que se uniram a autenticidade do trabalho de Oliver. Amei!

Aqui vocês podem conferir o álbum com mais fotos do making of aqui.

O que vocês acharam?

Beijo!

Assinatura Paty.

look do dia | regional contemporâneo

O look do dia hoje eu nomeei regional contemporâneo por que foi o título que ouvi de uma aluna ontem. Eu meio que não tinha percebido que esse estilo vem sendo cada vez mais presente nas minhas peças, desde o ano de 2013 com a coleção aragem, no projeto identidade local.

Eu aprendendo a abordar temas relacionados a meu bioma adaptando-o às tendências internacionais. Esse look reflete isso. O look todo é da coleção #beloasperointrátavel. O top jeans é da segunda parte da coleção, que será lançada no mês de outubro.

IMG_2266 IMG_2269 IMG_2271 IMG_2274 IMG_2276 IMG_2279 IMG_2283 IMG_2285

Usei esse look para o evento Teresina Trend | 2015. Espero que gostem!

Assinatura Rita.

 

#tbt Fashion Rules

O #tbt de hoje é mágico! Há dois anos quando estive em Londres pude visitar a exposição Fashion Rules no Kensington Palace. O Kensington Palace era a residência do casal Princesa Diana e Príncipe Charles e fica colado em um dos parques mais lindos do mundo: o Hyde Park. Além da exposição Fashion Rules, há também uma exposição sobre a Rainha Vitória com uma curadoria incrível! Noutro momento trago as fotos dela! Hoje trouxe algumas peças lindas que brilharam dos anos 1950 a 1990 na realeza britânica.

Esse vestido maravilhoso de cetim com bordados, foi usado pela Rainha Elizabeth em 1963.

Detalhe de um vestido de cetim com renda usado pela Rainha Elizabeth no começo dos anos 1950.

Vestido usado pela Rainha Elisabeth, em 1951, de organza na cor cinza com bordados florais e laços em tons de rosa.

Vestido com detalhe de cascata ou jabô em verde na saia, bem moderninho para a Rainha, hein? Usado em 1961 em visita ao Paquistão.

Em visita à Austrália, no começo dos anos 1970, o estilo da Rainha também aderiu à moda dos fluidos e amplos.

Além de peças da Rainha Elizabeth, a exposição também mostrou peças icônicas usadas pela Princesa Diane e pela princesa Margareth (1930-2002), irmã da Rainha. Ambas são filhas do Rei George VI, que vocês já devem conhecer do filme “O Discurso do Rei” (2010).

Esse vestido de tule com cristais bordados em formato de estrelas, foi usado pela Princesa Diana, em Londres, no famoso Hotel Claridges para um jantar com o então presidente da Grécia, em 1986. Ele é a cara do anos 1980: brilho, tule e cores.

IMG

Esse vestido de crepe off-white bordado de paetês foi usado pela Princesa Diana em 1991, para uma visita ao então presidente do Brasil: Fernando Collor de Melo.

Esse vestido de gazar com bordados riquíssimos a Princesa Margaret usou em 1977, numa apresentação da banda ABBA como parte das comemorações do Jubileu de Prata da Rainha Elizabeth.

E, para finalizar esse post inspirador, o vestido preferido dessa exposição. Ele foi usado pela Rainha em 1958 e como, a maioria dos vestidos deste post, de criação do estilista inglês Hardy Amies (1909-2003).

Aqui uma foto mais detalhada (essa peguei na Internet!):

Não preciso dizer o quão emocionada fiquei ao ver de perto esses vestido que eu só conhecia de revistas. Sou uma apaixonada pelo Reino Unido, pela família real e pelo tradicionalismo britânico. O modo como os inglês defendem e preservam seu patrimônio histórico-cultural é inspirador!

Ah, aqui o link para um blog que também dá um depoimento interessante sobre a exposição, vale a pena ler!

Assinatura Rita.