Adeus Ano Velho.

 

 

2017 foi o ano mais difícil da minha vida. Nas primeiras horas de 2018 eu só pude agradecer a Deus por ter atravessado comigo os últimos 365 dias. Eu agradeci por todas as pessoas que sabem e por todas as que não fazem ideia de como foram importantes em alguns momentos para que eu conseguisse sobreviver a mim. Este foi o ano em que eu aprendi a agradecer. E foi quando eu compreendi a força que esse exercício diário tem. Eu sobrevivi! Eu sobrevivi quando tudo estava desmoronando ao meu redor. Eu consegui ser forte para as pessoas que desmoronaram ao meu redor porque 2017 também foi o ano mais difícil da vida de algumas das pessoas que eu mais amo no mundo. E eu tive que ser melhor para todas elas. Quando o ano começou eu estava confiante, ansiosa e não fazia ideia de quantas vezes eu ainda iria precisar conversar com Deus para que a minha confiança em mim, nas pessoas e no mundo todo estivesse comigo ao findar do ano.

Coincidentemente esse foi o ano em que eu mais me aproximei de Deus. E foi o ano em que eu mais me senti amada. Em nenhum outro ano na vida eu recebi tanto carinho de pessoas que não faziam ideia do quanto eu estava precisando. Eu estive frágil, fraca, sensível, deprimida e insegura em pelo menos cinco dos doze meses do ano. Os motivos? Insatisfação pessoal e profissional de um jeito que a minha companheira autoestima mandava recados dizendo querer voltar. Isso tudo se deu entre maio e outubro. Um caos emocional com sequelas agudas. A medida em que o ano foi chegando ao fim, as coisas que estavam jogadas pelo meio da sala foram se ajeitando. Estão se ajeitando. E o que ficou de tudo foi a minha vontade de ser melhor para todas as pessoas que me ajudaram. Eu sobrevivi esse ano por causa do Amor. Porque em nenhum segundo sequer do ano me faltou Amor. Amor de Deus, Amor da minha família, Amor do meu Marido e Amor dos meus amigos.

2018 vai ser o ano mais incrível da minha vida. Porque eu tenho certeza que a razão de 2017 foi me preparar para este ano. Porque tem tanto Amor dentro desse meu peito, tem tanto Amor para as pessoas que eu gastarei meu ano inteiro tentando materializá-lo de todas as formas. E, ao final do próximo ano, irei dizer a Deus: eu compreendi tudo o que me ensinastes!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.